Huop e Unioeste realizam ações em alusão ao Dia Mundial de Combate ao Suicídio

Previous Next
Os números do Ministério da Saúde evidenciam a preocupação com as taxas de suicídios no Brasil. São registrados cerca de 12 mil suicídios por ano no país. Falar sobre o tema ainda não é tão comum, porém necessário, por isso setembro se tornou o mês especial para falar sobre o assunto.

O dia 10 de setembro é lembrado mundialmente como o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, e para marcar a data, o Hospital Universitário do Oeste do Paraná (Huop) mudou de cor. Balões amarelos foram colocados nos veículos estacionados e junto com eles frases sobre a importância do cuidado com a saúde mental. “A dor mental incomoda e não é uma dor que tem um protocolo de atendimento, precisa muito mais de envolvimento de profissionais e familiares. Precisamos falar sobre suicídio, e é dialogando que podemos evitar estas decisões. Se tem vida, tem jeito”, explica Monica Stelmach, psicóloga do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt).

O Sesmt tem como objetivo estar próximo do servidor, profissionais da saúde que muitas vezes se deparam com situações diárias que exigem muito do psicológico. “A saúde mental dos servidores precisa ser reforçada, pois eles estão sempre próximos de momentos difíceis dos pacientes. Falar da saúde mental é importante e nesse Dia de Prevenção ao Suicídio, ainda mais. O suicídio ainda é um tabu. Acreditamos que ações como estas levam o servidor a pensar e procurar ajuda”, ressalta o diretor geral, Rafael Muniz de Oliveira.

O Huop oferece atendimento psicológico e psiquiátrico ao servidor. A consulta pode ser online ou presencial, conforme a necessidade. O agendamento pode ser realizado pelo telefone 3321-5207.

Unioeste

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) também aproveitou o dia para reforçar que está aberta ao servidor, professor e acadêmico. A reitoria cumpre o compromisso de oferecer apoio, sempre que necessário. “Desde quando ocupava o cargo de Diretor de Campus já havia esta preocupação e criamos o Pronto Atendimento Psicopedagógico e Saúde Integrada (PAPSI), para justamente dar atenção ao atendimento psicológico de quem compõe a Unioeste. Quando assumi a reitoria continuei com esse compromisso, junto com diretores, de possibilitar uma estrutura do PAPSI em todos os campi e hoje em cada campus existe pelo menos um psicólogo”, ratifica o reitor Unioeste, Alexandre Webber.

Mais Atividades

Mais ações estão programadas para levar informação sobre o tema aos servidores (agentes e docentes), discentes, estagiários e funcionários contratados. “Estamos elaborando um evento na Pró-Reitoria de Recursos Humanos (PRORH) tendo como público alvo todos da comunidade acadêmica, inclusive de todos os Campi, Reitoria e HUOP. O evento "SETEMBRO AMARELO", sob a coordenação da Sandra Regina, que é Assessora da PRORH, em conjunto com a Diretoria de Desenvolvimento Humano, terá palestras explicativas e motivadoras, para superação de momentos difíceis de modo a evitar depressão/suicídio”, explica a Prof. Dra. Joseane Rodrigues da Silva Nobre, Pró- Reitora de Recursos Humanos – PRORH.

O evento será on-line, até o dia 21/09/2020 (data ainda a ser definida) e vai abranger os estagiários, servidores, acadêmicos e contratados terceirizados.



Imprimir