Central de Notícias

Unioeste é a 8ª melhor universidade estadual no Brasil

Previous Next

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) foi avaliada com o conceito 4 na avaliação do Índice Geral de Cursos (IGC) 2019 divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) na última sexta-feira (23). Segundo o MEC, a Unioeste é a 8ª melhor universidade estadual no Brasil e a 6ª entre as melhores universidades, faculdades e centros universitários públicos e privados do Paraná.

O reitor da Unioeste, Alexandre Weber, destaca que a colocação é resultado do trabalho de toda comunidade acadêmica. “Estar na oitava colocação é fruto de muito trabalho dos nossos docentes e agentes universitários e a dedicação dos nossos alunos. Isso demonstra a grande universidade que o Oeste e Sudoeste constroem. É uma satisfação hoje estar a frente na administração da nossa universidade e saber da qualificação de todo o corpo da comunidade acadêmica. Hoje é dia de parabenizar a todos que constroem essa universidade".

O conceito avalia anualmente a qualidade dos cursos de graduação e pós-graduação (mestrado e doutorado) ofertados em universidades, centros universitários, faculdades e institutos tecnológicos das redes pública e privada.

O resultado do IGC, divulgado na última sexta-feira (23), é composto por cinco faixas que variam de 1, a nota mais baixa, a 5, o conceito máximo. Ao todo, 2.070 instituições públicas e privadas, que envolvem 24.145 cursos de 100 áreas do conhecimento, foram avaliadas.

As universidades estaduais de Londrina (UEL), Maringá (UEM), Ponta Grossa (UEPG), do Oeste do Paraná (Unioeste), do Centro-Oeste (Unicentro) e do Norte do Paraná (Uenp) conquistaram conceito 4. A Universidade Estadual do Paraná (Unespar) ficou com conceito 3.

“Essa classificação evidencia um crescimento qualitativo das nossas universidades estaduais no cenário nacional. Sabemos que a comunidade acadêmica das instituições tem se esforçado para garantir uma formação de qualidade para os nossos alunos, além de desenvolverem pesquisas científicase ações de extensão, que contribuam com o desenvolvimento do Estado”, destacou o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona.

PROTAGONISMO 

Entre as universidades estaduais brasileiras, a posição do Paraná é de protagonismo. A UEL aparece como a 4ª melhor estadual do Brasil, seguida pela UEM em 6ª, Unicentro em 7ª e Unioeste em 8ª posição. Fechando a lista das 25 melhores estão: UEPG em 11ª, Uenp em 17ª e Unespar na 24ª colocação.

No comparativo com as universidades, faculdades e centros universitários públicos e privados do Paraná, as estaduais também estão entre as 21 melhores. A UEL ficou em 3º, a UEM em 4º, Unicentro em 5º e Unioeste em 6º. A UEPG aparece em 17º e a Uenp em 21º lugar.

CÁLCULO – O cálculo matemático para chegar ao IGC leva em conta os seguintes aspectos: a média do Conceito Preliminar de Curso (CPC), considerando o último ciclo do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) como referência; a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu, atribuídos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) na última avaliação trienal; e a distribuição dos estudantes entre as diferentes etapas de ensino superior (graduação ou pós-graduação stricto sensu).

 

Texto Milena Griz/Agência Estadual de Notícias

Publish modules to the "offcanvas" position.

Nós usamos cookies
Nós usamos cookies no nosso site. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto que outros ajudam a melhorar o site e a experiência do usuário. Você pode decidir se quer permiti-los ou não. Tenha em mente que, em caso de rejeição, você não será capaz de usar todas as funcionalidades do site.