Campus Foz do Iguaçu recebe iluminação especial para Outubro Rosa

Previous Next

Como forma de apoio ao Outubro Rosa, o campus Foz do Iguaçu da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), está com iluminação rosa, cor símbolo da campanha mundial para conscientização sobre o câncer de mama, doença que está entre as três com maior incidência no mundo.

"Todo ano temos ações acadêmicas e também com simbologias nas redes sociais, com o uso da fita rosa, entre outras atividades. Este ano, com apoio do setor de manutenção, foi possível também fazer a conscientização com as luzes. Em todas essas ações está a necessidade de conscientizar sobre a prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama", explica Fernando Martins, diretor da Campus da Unioeste Foz do Iguaçu, exaltando ainda que a Unioeste abraça esta causa e lembrando que o cuidado com a saúde das mulheres deve ser diário.

Outubro Rosa no Brasil e no mundo

O movimento teve início em 1990 na cidade de Nova York, quando a Fundação Susan G. Komen for the Cure distribui laços rosa para participantes da primeira Corrida pela Cura, atividade em prol ao tratamento do câncer de mama. A partir disso, a ideia foi ganhando mais adeptos até se tornar uma campanha nacional nos EUA em 1997 e posteriormente em outros países.

No Brasil, a primeira ação em alusão ao Outubro Rosa foi em na cidade de São Paulo, em 2002 com a iluminação na cor rosa do monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, conhecido como o Obelisco do Ibirapuera. Essa ação foi realizada por um grupo de mulheres simpatizantes com a causa do câncer de mama em parceria com uma empresa de cosméticos europeia.

Em 2008 as ações ganharam força e há cada ano o mês de outubro tem se fortalecido e ajudado cada vez mais mulheres.

Por Gilvana Giombelli