Pesquisas

PROJETOS DE PESQUISA
 
1 – Projeto Itinerários da escritura crítica e criativa de ensaístas no Brasil e América Latina, pós 1970 (Coord. Profa. Lourdes Kaminski Alves)
 
Descrição: O projeto visa a produção de um mapeamento da produção ensaística literária escrita por mulheres, no Brasil e na América Latina, pós 1970, considerando-se estudar as premissas de ressignificação e a relação do espaço geopolítico de onde escrevem autoras que se destacaram ou vem se destacando em suas respectivas culturas, na crítica literária, mais especificamente, as produções de Tânia Franco Carvalhal; Flora Sussekind; Zilá Bernd; Ana Pizarro; Beatriz Sarlo; Zulma Palermo; Liliana Weinberg e Josefina Ludmer. Bolsista Produtividade em Pesquisa CNPq.
 
2 – Projeto Campos-Paisagens do Imaginário e Redes-Memórias das Belezas Naturais do Paraná e do Brasil.   (Coord. Prof. Antonio Donizeti da Cruz)
 
Descrição: A pesquisa visa estudar as dimensões imagéticas, simbólicas e míticas em gêneros literários, tendo em vista a abordagem do imaginário e da memória - presentificados nas imagens: Sete Quedas, Cataratas do Iguaçu, Cachoeira de Paulo Afonso, Marumbi, Vila Velha, Gruta de Maquiné, Chapada Diamantina, Rio Iguaçu, Rio São Francisco, Rio Amazonas, Rio Araguaia -  com o intuito de analisar e interpretar textos poéticos e plásticos (poemas em prosa, em verso, pintura, fotografias) de autores representativos da literatura do Paraná e da Literatura Brasileira, em comparação a outras literaturas e universos artísticos, tendo em vista os diálogos transversais e interculturais.  Bolsista Produtividade em Pesquisa da Fundação Araucária.
 
3 – Projeto - Identidades en movimiento. Flujos, circulación y transformaciones culturales en el espacio atlantico (siglos XIX y XX). (Coord. Profa. Adriana Aparecida de Figueiredo Fiuza)
 
Descrição: Trabajar las tensiones, la fluidez, las hibridaciones, la fragilidad, y las transformaciones identitarias será la prioridad de este nuevo proyecto. Pero también, en este proyecto, queremos estudiar los cauces y los espacios en dónde se asienta esta circulación de personas y de artefactos culturales y resaltar que tampoco permanecen estáticos. Este movimiento, este flujo, transforma los espacios característicos de las diferentes culturas, los hace porosos, flexibles y movibles. Sus utilidades se multiplican conforme la diversidad de la socialización migrante o exiliada se incorpora a las naciones receptoras. Queremos utilizar fuentes literarias porque, de alguna manera, pensamos que iluminan espacios en dónde las fuentes históricas más tradicionales no han podido penetrar. Tanto la escritura del yo --epistolarios, autobiografías, testimonios, memorias y diarios como la ficción narrativa y teatral, así como la poesía, la literatura panfletaria, los ensayos políticos serán utilizados con una mirada doble. Por un lado, como herramientas de creación y reforzamiento identitario del propio autor, pero también de la comunidad lectora a la que va dirigida. Para afrontar el estudio de esta circulación de personas y discursos, de las transformaciones espaciales que generan, de las propias hibridaciones y cambios en las identidades nacionales, políticas y de género y de sus tensiones y fragilidades, utilizando fuentes literarias, debemos, por un lado, familiarizarnos con aquellas herramientas aportadas por la historia cultural para recurrir al análisis de fuentes históricas novedosas. También, al transcender nuestro objeto de estudio, los espacios considerados como estables de naciones, grupos sociales, y divisiones de roles por género --que ha sido bien atendido por las diferentes historiografías nacionales--consideramos que la metodología adecuada es la propia de la historia transnacional, y del llamado giro espacial de la historiografía.
 
4 – Projeto - Estudos Comparados das Formas Híbridas nas Artes, Literaturas e Culturas (Coord. Prof. Acir Dias da Silva)
 
Descrição: Estudos comparados das formas híbridas nas artes, literaturas e culturas em suas múltiplas técnicas e composição formal. A literatura e o multi-perspectivismo artístico contemporâneo na música, pintura, cinema, teatro, suas correlações e traduções no âmbito da sociedade contemporânea. Os múltiplos pontos de vistas narrativos, analíticos e críticos dos interstícios estéticos e interpretação polissêmica da memória.
 
5 - Projeto:  A Memória da cena teatral: dramaturgia, acervo, crítica, relatos e dados administrativos enquanto patrimônio cultural (Coord. Prof. Allan Valenza da Silveira)
 
Descrição: Este trabalho de pesquisa em acervos de companhias teatrais e demais arquivos busca levantar e analisar a construção de memória enquanto um bem cultural.
 
6 - Projeto: Traduzir Antes e Depois (Coord. Profa. Alai Garcia Diniz)
 
Descrição: Traduzir Antes e Depois Considerar este ano um divisor de águas pela perda de milhões de vidas, de dor e de sofrimento para propor um rumo que sai de um modo de sentir e pensar subjetivo, ensaístico rumo ao coletivo. O que resta nesta sobrevivência me orienta, interna e externamente a buscar um caminho inóspito. Inovador na área da tradução e literatura em estudos dos repertórios interfronteiriços, entendendo que, no hemisfério sul da zona crítica, pele da terra, assimilou-se a racionalidade eurocêntrica como única, tendo condicionado o mundo ocidental a uma prevalência de interesses humanos sobre outros não humanos que foi conduzindo à modernização e daí a uma globalização. A bússola da interculturalidade crítica serve a outras atitudes e pesquisa de repertórios que com a performance criem conhecimentos que também nos construam como sujeitos que possam habitar o Terrestre (LATOUR). Se durante décadas só usei o ensaio, sem nem tentar contrabalançar com o uso de instrumentais pretensamente científicos, hoje a amadureci na compreensão de que o único a fazer é tentar traduzir, enquanto posso, ler e refletir sobre o que há de relatos, mitos e imaginários sobre o que significa uma reação da Terra em linguagem intercultural. O Novo Regime Climático, a pandemia, nuvem de gafanhotos, tsunami, acidentes com a degradação de regiões extrativistas configuram-se como pontos de inflexão para um mundo não habitável. As globalizações transformadoras do não humano, denominados como recursos da “natureza”, potenciais na geração de energia, submetidos ao constante uso de tecnologias, caso de hidrelétricas, de extrativismos que promovem acidentes previsíveis, nem por isso passíveis de serem evitados, em nome deum uso do planeta como algo infinito. Neste sentido, escutar a voz do xamã guarani que narra o canto e a dança coletiva como um meio de parar a Destruição do Mundo, o que os Apapokuva Guarani já tinham como modo de se preocuparem, muito antes, com a conquista e colonização e registrado em obra, graças a Curt Nimuendaju Unkel, o alemão que aqui veio (1903) e se naturalizou brasileiro, não pelos brasileiros  portugueses ( brancos), mas defender os Apapokuva-Guarani que o acolheu, que o batizou com um nome de Nimuendaju aquele que encontra o caminho brilhante?, visto que o livro foi escrito apenas em Guarani, o idioma que aprendeu com os Apapokuva, ancestrais dos Ñandeva/ Ava Guarani e ao alemão. Só em 1987, Charlotte Emenich com Viveiros de Castro, traduziram-no ao português. Agora o antropólogo das Ciências Bruno Latour, mas me orientar ou seguir o que ainda resta neste LOCAL da zona crítica que podem enriquecer a preparação para o depois, neste sentido estão as diferentes artes que reúnem na performance, ações de conhecimento, leitura e mediação, iconoclastia que emerge na tradição antropofágica, da arte, dramaturgias e poéticas interculturais, interfronteiriças em outros sentidos do comunitário, seja no feminismo, seja nas esferas do saber e do sentir em um pensamento decolonial que se constitui em si mesmo com a finalidade de des-universalizar, traduzir e de re-existir para uma reconstituição epistêmica no processo decolonial.
 
7 - Projeto - Literatura juvenil: crítica e letramento literário (Coord. Profa. Clarice Lottermann)
 
Descrição: O projeto tem como objetivos: a) Desenvolver estudos sobre a Literatura Juvenil, notadamente a brasileira, a partir da seleção de um corpus de gêneros diversos para o exercício da análise comparada e da crítica literária; b) Realizar pesquisa sobre a literatura e suas relações com outras linguagens artísticas, tais como cinema, teatro e artes visuais, observando as confluências da ficção com outros campos do conhecimento, a fim de evidenciar o alcance dos projetos estéticos literários e sua importância para a formação integral do indivíduo; c) Discutir aspectos relacionados a conceitos e práticas relativos à formação leitora nos processos educacionais e culturais, formais e/ou informais, que se referem ao ensino de literatura e à leitura do texto.
 
8 – Projeto -  Escritas de autoria feminina no Pós-Boom hispano-americano - (Coord. Profa. Maricelia   Nunes dos Santos)
 
Descrição: A pesquisa consiste no estudo do Pós-boom hispano-americano com vistas ao levantamento das obras de autoria feminina publicadas durante esse período e do estudo de tais obras, considerando sua representatividade no âmbito da literatura do Pós-boom e da escrita de autoria feminina no universo hispano-americano. O estudo, de caráter bibliográfico, está fundamentado nos pressupostos da Literatura Comparada acerca da qual versam autores como Coutinho (2003), Carvalhal (1992), Nitrini (2000) etc.  e adotará como suporte teórico-crítico os estudos de Menton (1993) e Shaw (2003), entre outros, para tratar do Pós-boom latino-americano. Espera-se que a investigação contribua para maior divulgação das escritoras do Pós-boom e fomente o estudo de suas obras entre os pesquisadores da literatura hispano-americana.

 

 

Publish modules to the "offcanvas" position.

Nós usamos cookies
Nós usamos cookies no nosso site. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto que outros ajudam a melhorar o site e a experiência do usuário. Você pode decidir se quer permiti-los ou não. Tenha em mente que, em caso de rejeição, você não será capaz de usar todas as funcionalidades do site.